Now Reading:
As 7 maiores vantagens de morar em um condomínio fechado
Full Article 6 minutos lido

Atualmente, é muito comum que o sonho da casa própria se transforme em pesadelo. Isso porque, por melhores que sejam a localização e o estilo do imóvel sonhado, se ele não apresentar segurança, a realização do seu desejo não será plena.

Que bom que existe uma solução para evitar essa frustração — optar por morar em um condomínio fechado. Lá, a segurança será muito maior do que em uma casa ou apartamento em rua pública. Pensando nisso, nós preparamos um artigo que mostra essa vantagem e muitas outras. Acompanhe!

Os 7 benefícios de morar em condomínio fechado

1. Segurança 24 horas

Como dito na introdução, sentir-se seguro é um item fundamental para qualquer família. Mas aquelas que contam com crianças pequenas sentem ainda mais necessidade de assegurar proteção aos pequenos durante as 24 horas do dia — e isso é alcançado ao morar em condomínios. Para elucidar, elencamos alguns fatores que garantem seu resguardo. Confira:

  • portões com acionamento elétrico e acompanhamento visual;
  • monitoramento a distância por empresas especializadas;
  • placas para sinalização de velocidade máxima;
  • cercas (elétricas, espirais ou ambas);
  • ambiente fechado;
  • muros altos;
  • câmeras;
  • alarmes;
  • portaria.

Além dos itens acima, alguns condomínios ainda oferecem um rígido controle da passagem pela portaria e segurança particular.

2. Estrutura diferenciada

Os condomínios de médio a grande porte contam com pessoal especializado para cuidar da administração do local, gerenciando o dia a dia da comunidade. Os serviços de manutenção e limpeza dos espaços para lazer, das áreas de passagem e das vagas para os carros, também são realizados por uma equipe designada para isso.

Imagem ilustrativa de Limpeza e manutenção de ar condicionado

Certos problemas domésticos de ocorrência comum (relacionados à parte elétrica, ao chuveiro, ao encanamento, etc.) podem ser solucionados com o auxílio da administração do local. Assim, não será preciso se preocupar em contratar uma pessoa desconhecida para realizar esse serviço — que ainda pode ter um preço incompatível com a realidade.

3. Privacidade elevada

Uns dos maiores inconvenientes de morar em casas tradicionais são as frequentes visitas de vendedores ambulantes que teimam em invadir nossa privacidade para oferecer coisas de que, em geral, não necessitamos. Em um condomínio fechado isso não acontece.

Além disso, você ainda se livrará do infortúnio de se deparar com pedintes tocando a campainha ou interfone, sem contar que pode ser muito perigoso atender essas pessoas que podem estar mal-intencionadas.

Os recebimentos de entregas de compras também podem ser intermediados pela portaria, sem que, na maioria das vezes, você precise designar alguém para ficar em casa apenas para receber mercadorias.

4. Áreas de lazer

Muitos casais com filhos optam por morar em condomínios, principalmente, por causa das muitas opções de lazer. Alguns empreendimentos parecem verdadeiros clubes, contando com piscinas de dois ou mais tamanhos, quadras poliesportivas, pistas para correr e caminhar, academias, espaço gourmet e, é claro, salão de festas — uma vantagem e tanto para quem gosta de realizar confraternizações, mas não quer sujar a casa inteira.

Os espaços feitos para o lazer dos moradores podem diferir entre os condomínios. Por isso, ao visitar um empreendimento, convém perguntar quais são — e visitar, se já estiver pronto — as opções de diversão para toda a família.

E quem tem filhos pequenos deve questionar se tais áreas têm a segurança necessária para garantir a integridade dos filhos pequenos durante a brincadeira. As piscinas, por exemplo, devem estar delimitadas por cercas com portões, que devem ficar fechados quando nenhum adulto estiver por perto. Os playgrounds devem ter indicação de idade permitida e piso emborrachado para que eventuais quedas sejam amortecidas.

Uma grande vantagem de ter tanto espaço para se divertir pode ser a geração de economia no fim do mês. A razão é simples: os gastos com clube, academia, aluguel de salão de festas particular, entre outros, serão poupados.

Mas você pode argumentar que os valores estarão embutidos no condomínio. E está certo, porém, os gastos serão unificados, facilitando o pagamento, além de serem cobrados valores justos. As despesas de construção de espaços para o lazer são divididas entre todos. Uma obra de piscina, por exemplo, fica muito mais cara para quem mora em casa particular, sem contar nos custos e no tempo perdido com manutenção e limpeza.

5. Convívio social

Com a correria do dia a dia e a necessidade de sair de casa também aos finais de semana para se divertir, conviver com os vizinhos é quase impossível. Mas, ao morar em um condomínio fechado, essa convivência social é automática, mesmo para quem se considera uma pessoa reservada. E isso é positivo, porque o senso de fazer parte de uma comunidade é fundamental para a saúde mental e a evolução como cidadão.

A interação entre os moradores ocorre nos momentos em que as áreas de lazer são compartilhadas, ao entrar e sair do local, na garagem, no elevador e nas assembleias periódicas.

E, para quem tem filhos, essa é uma oportunidade de as crianças fazerem amizades duradouras com pessoas que você sabe a origem (onde moram, onde estudam, quem são seus pais, etc.).

6. Investimento atraente

A valorização de um imóvel localizado em condomínio fechado é um fator que sempre deve ser levado em consideração, mesmo por quem não pretende se mudar do lugar. Bairros com esse tipo de moradia costumam atrair novos condomínios, o que valoriza o local.

No entanto, para quem visa à valorização do bem a longo prazo, é fundamental estudar a região, analisando-a como um todo, incluindo a quantidade e a qualidade dos serviços oferecidos — como padarias,  supermercados, serviços de saúde e escolas, por exemplo.

7. Tranquilidade garantida

Morar em um lugar em que tudo pode ser dividido por todos e a administração delegada a outras pessoas traz maior qualidade de vida. A sensação de acolhimento traz mais conforto e tranquilidade.

Isso é facilmente percebido pelos adultos, sobretudo os casais com filhos pequenos, além de ser vivenciado pelas crianças. Num ambiente tranquilo, elas crescem com mais sensação de liberdade e segurança, o que faz muita diferença em seu desenvolvimento.

Os benefícios do condomínio fechado para quem tem filhos

Todas as vantagens que citamos abaixo já foram mencionadas acima — sobretudo no último item — mas decidimos reuni-las em um tópico próprio para facilitar sua memorização. Então, se seu filho estiver morandoem um condomínio, ele:

  • terá muito mais segurança para transitar por diversas áreas do local;
  • fará vários amigos na mesma faixa etária e você conhecerá seus pais;
  • terá muitos espaços de lazer voltados para ele;
  • não correrá o risco de abrir a porta da casa (crianças adoram atender à campainha) para pessoas estranhas.

Agora que você já conhece as maiores vantagens de morar em um condomínio fechado, veja quais são os principais bairros de Nova Lima na Grande Belo Horizonte.

Input your search keywords and press Enter.