Now Reading:
Por que morar no bairro Funcionários em BH?
Full Article 17 minutos lido

O bairro Funcionários está localizado na Região Centro-Sul de Belo Horizonte. Trata-se de um local privilegiado por ser considerado um polo comercial e ainda conseguir manter o requinte de um bairro residencial tradicionalíssimo e contemporâneo ao mesmo tempo.

Essas duas últimas características se dão porque, após a década de 1980, o local passou por uma grande transformação, tornando-se muito moderno. Na época, os antigos casarões deram espaço a prédios novos e elegantes.

Em contrapartida, alguns casarões do século passado foram preservados — muitos até tombados — e agora servem de endereço para grifes de renome. Por tudo isso, o Funcionários é um bairro muito charmoso e sofisticado e um ótimo lugar para viver.

Se você está em busca de um local para morar em Belo Horizonte com sua família, confira este guia completo sobre este bairro nobre!

Conheça tudo sobre o bairro Funcionários e se encante com ele

Qual a sua história?

Surgimento

Com o crescimento de Belo Horizonte, os servidores públicos precisariam se mudar de Ouro Preto, que até então era a sede do governo estadual, para BH, para trabalhar nos novos gabinetes. Para que todos tivessem uma moradia, ficou decidido que a nova capital teria uma área para abrigar tais “funcionários”.

A escolha do lugar se deu porque o local de trabalho dos servidores públicos seria perto da Praça da Liberdade. Foi assim que, em 1896, surgiu o bairro Funcionários, que contava com aproximadamente 200 casas.

Durante as décadas de 1920 e 1930, as construções em Art Noveau se destacavam com suas formas curvilíneas, irregulares e inspiradas em flores e folhagens. Nos anos 1940, começaram a surgir as casas neocoloniais, com suas colunas muito imponentes.

Crescimento

E foi justamente nessa década que o bairro deixou de ser meramente residencial — com seus maravilhosos casarões — para ver emergir o comércio. E isso se deu graças à famosa padaria Savassi, que cresceu vertiginosamente, influenciando, inclusive, no desenvolvimento da economia de toda a capital.

O surgimento do comércio não fez o Funcionários perder o requinte conquistado quando a elite do poder público mineiro habitou na região. Uma prova disso é o fato de a área ter um dos metros quadrados mais caros da cidade, sendo uma excelente escolha para quem deseja viver na zona sul de Belo Horizonte.

Os anos 1980 foram marcados pelo surgimento dos edifícios residenciais, que passaram a ocupar o lugar dos casarões, fazendo com que o crescimento vertical do bairro permitisse que mais pessoas pudessem se mudar para o local.

Quais os dados demográficos do bairro Funcionários?

  1. Área total: 194.330 hectares.
  2. População segundo o último censo do IBGE, em 2010: 8.838 habitantes, sendo 3.796 homens e 5.042 mulheres.
  3. Vias principais: avenidas do Contorno, Afonso Pena, Getúlio Vargas e Cristóvão Colombo.
  4. Bairros vizinhos: Lourdes, Santa Efigênia, Vila da Serra, Cruzeiro, São Lucas, Mangabeiras e Sion.

Quais os motivos para morar no bairro Funcionários?

São muitas as razões para viver no Funcionários, um dos melhores bairros para morar em BH. As mais importantes são:

Localização privilegiada

O Funcionários é um local de fácil acesso a outros bairros de Belo Horizonte, ficando a apenas 15 minutos do Centro da cidade e contando com várias opções de transporte. Isso se deve ao fácil acesso a grandes avenidas como Afonso Pena e Contorno e também por estar próximo a ótimas escolas do Centro-Sul de BH, a academias e a diversos serviços como farmácias e hospitais, atraindo casais com filhos pequenos e adolescentes.

Imóveis de alto padrão

Por terem padrão elevado, os imóveis desse bairro atraem a atenção de investidores, garantindo boas oportunidades de negócio. Além disso, os edifícios requintados atraem famílias de bom gosto e alto poder aquisitivo. Uma cobertura em Belo Horizonte situada no Funcionários, por exemplo, costuma ser procurada por quem busca um ótimo bairro para viver com a família.

Polo cultural e econômico

Como já mencionamos, o bairro é considerado um importante polo cultural e econômico de BH, por ter sido sede do governo por um longo período, atraindo uma boa diversidade de atividades econômicas e se tornando sede de grandes instituições. O circuito cultural é uma experiência rica para quem quer se aprofundar nos conhecimentos da capital de Minas Gerais.

Quais os principais pontos comerciais próximos ao bairro Funcionários?

Para falar sobre os pontos comerciais do bairro, é obrigatório citar a Savassi (isso mesmo, a famosa padaria que deu nome à região), que, antes de se tornar um bairro independente (no ano 2000), era uma faixa geográfica que pertencia ao Funcionários, sendo, desde essa época, um polo econômico bem-sucedido da cidade.

É nessa área que ficam alguns shoppings (como o Pátio Savassi e o 5ª Avenida), lojas de grifes famosas (como a Klus Maison e duas renomadas chocolaterias), ateliês, supermercados (como o Carrefour), bancos, hotéis (como o Radisson Blu), restaurantes (como o Café com Música) e docerias (como a Água Na Boca Funcionários).

Conheça melhor alguns desses pontos:

Shopping Pátio Savassi

Este grande centro de compras de vanguarda é fashion e sofisticado. Dessa forma, é fácil entender por que é lá que as tendências chegam primeiro na capital mineira. Dentre os seus diferenciais quanto às comodidades, destacam-se: ventilação e iluminação naturais (o que mostra preocupação com a sustentabilidade), permitir a entrada de cachorros e seu acesso à rua conta com uma galeria.

Além disso, tem o privilégio de estar situado na Savassi. A arquitetura traz corredores imitando as ruas do requintado bairro, o que cria um ambiente descontraído e muito agradável, devido à atmosfera de compras de rua, mas com muito conforto e segurança.

O mall reúne grifes conceituadas selecionadas especialmente para o público AB altamente qualificado. O Pátio ainda tem um teatro com capacidade para 100 pessoas, restaurantes selecionados como o Parrilla del Pátio, o Café do Museu, o Bistrô Paris 6 e o Outback, além do Empório e da Padaria Verdemar. Suas 8 salas de cinema em 3D são confortáveis, amplas e tecnológicas. Esse cinema é tido como um dos melhores de Belo Horizonte.

Endereço: Av. do Contorno, 6.061

Shopping 5ª Avenida

Além de ter um mix de lojas muito bem distribuído em três pisos, o mall fica sob uma torre de 15 andares repleta de escritórios para mais de 200 profissionais liberais, como advogados, médicos, psicólogos, entre outros, além de serviços de conveniência, como consertos de roupas, informática, fotógrafos, etc.

Endereço: R. Alagoas, 1.314.

Grife Klus Maison

Essa marca genuinamente mineira nasceu em 1975 quando Salvador Ohana, um jovem talentoso de 17 anos, resolveu investir em um pequeno ateliê com amostras de tecidos. Em 1983, seu espaço passou a oferecer tratamento personalizado e diferenciado em roupas masculinas exclusivas feitas sob medida, sempre com caimento adequado e sofisticado.

Em 1990, Salvador abriu uma filial no Lourdes e, em 1992, uma loja no Central Shopping. Em 1998, a maison passou a oferecer roupas prontas de excelente qualidade mantendo o mesmo cuidado no acabamento.

Já no ano 2000, a loja conceito da Klus Maison foi inaugurada em um antigo casarão tombado. A grife tem clientes vindos de várias cidades de Minas Gerais e também de outros estados.

Endereço: Rua dos Aimorés, 647

Casa Bonomi (Panificadora-conceito e bistrô)

Se você é amante de um desjejum rico em ingredientes e está procurando uma casa em um dos melhores bairros para morar em BH, no Funcionários, este é um excelente endereço para tomar café da manhã ou chá da tarde com toda a família.

A bela decoração rústica dessa padaria com inspiração francesa deixa a experiência gastronômica ainda mais agradável. Esta também é uma parada obrigatória para os turistas, e a razão é a origem da padaria.

Aberta em um antigo casarão do início do século passado, a ex-bailarina do Grupo Corpo Paula Bonomi resolveu trazer para a cidade uma de suas paixões, os pães artesanais. Além das receitas de várias partes do mundo, ela ainda as transformou nos principais itens do seu vasto cardápio.

Endereço: Avenida Afonso Pena, 2.600.

Grande Hotel Ronaldo Fraga

O espaço criado pelo famoso estilista Ronaldo Fraga em um antigo casarão dos anos 20 reúne artigos de moda, produtos de parceiros fixos e flutuantes, além de artigos da sua grife própria. Se estiver com fome, o lugar abriga um restaurante, uma sorveteria, um café, uma distribuidora de vinhos e até uma barbearia.

Endereço: Rua Ceará, 1.205.

Sorveteria São Domingos

Fundada em 1934, a São Domingos é uma sorveteria que testemunhou o desenvolvimento do bairro. Atualmente, ela é referência em sorvetes por sua produção artesanal, sendo uma ótima pedida para os moradores saborearem a delícia gelada com a família aos finais de semana e também para quem estiver de passagem a negócios ou turismo.

Endereço: Av. Getúlio Vargas, 800.

Restaurante Maharaj

Este restaurante indiano fica na sede do Consulado da Índia e proporciona uma agradável viagem à cultura indiana. Ele ainda tem um espaço cultural que traz várias exposições que contam um pouco da história do país que exala aromas e muitas cores.

O cardápio é bastante variado, incluindo cordeiro e molhos picantes, além de pratos vegetarianos, tudo isso servido tendo como cenário uma bela decoração temática.

Endereço: Rua Paraíba, 523.

Hotel Radisson Blu

Coladinho no bairro Funcionários, mais precisamente em frente ao Shopping Savassi, está o Hotel Radisson Blu. Em suas proximidades, há restaurantes, bares, lojas, etc. O quarto é amplo e bem limpo, tem cama confortável, além de ser muito bem decorado. O café da manhã se destaca pelos alimentos variados e de boa qualidade.

Endereço: R. Lavras, 150 — Savassi

Quais os pontos turísticos e de lazer próximos ao bairro Funcionários?

O Funcionários é considerado um importante polo cultural brasileiro — o maior conjunto integrado de cultura do País. Isso porque lá se encontram várias atrações culturais — todas elas na Praça da Liberdade, nos seus arredores e nas suas vias de acesso, como a Av. João Pinheiro.

Veja, abaixo, todos os pontos turísticos do circuito composto por 13 instituições englobando centros culturais, acervos históricos, espaços de interatividade e também uma biblioteca:

Palácio da Liberdade

A antiga sede do governo do estado fica na Praça da Liberdade e é aberta para visitação todo último domingo do mês, sempre das 8h30 às 13h.

O local é um dos cartões-postais de Belo Horizonte, sendo parada obrigatória para fotos com seus parentes e amigos que estiverem de passagem pela cidade. Rendem ótimas fotos os jardins no estilo inglês, projetados por Paul Villon e que já passaram por várias reformulações, que incluíram elementos decorativos como fontes e esculturas.

Por dentro, sua decoração é magnífica e cada detalhe merece uma boa olhada. No chão, o piso é em parquet e a escadaria principal foi especialmente encomendada a uma empresa belga. A decoração traz lustres de cristal, painéis alegóricos e um rico mobiliário.

Endereço: Praça da Liberdade, s/n.

Arquivo Público Mineiro

Trata-se de um lugar que registra toda a história mineira a partir período colonial. Ao longo dos seus 120 anos, o Arquivo Público Mineiro tornou-se um importante local para pesquisar a história de Minas Gerais.

O acervo é riquíssimo, destacando-se os mapas produzidos nos séculos XVIII e XIX, as fotografias, os documentos referentes à escravidão, à Inconfidência Mineira e ao movimento imigratório mineiro, além de um acervo de filmes, com documentários, curtas e solenidades contando a história de Minas Gerais até o século XX.

Atualmente, sua base é totalmente informatizada, facilitando a pesquisa.

Endereço: Av. João Pinheiro, 327.

MM Gerdau — Museu das Minas e do Metal

O museu apresenta a história da mineração e da metalurgia de maneira lúdica e interativa. São 18 áreas de exposição, em que estão 44 atrações que apresentam, com personagens históricos e fictícios, a mineração, os minérios e a multiplicidade do rico universo das geociências.

Endereço: Praça da Liberdade, s/nº — Prédio Rosa.

Museu Mineiro

Localizado no corredor de acesso à Praça da Liberdade, o Museu Mineiro fica em um casarão datado do final do século XIX, onde foi residência oficial seguida de sede do Senado Mineiro.

Seu riquíssimo acervo (mais de 3.500 peças) reúne equipamentos litúrgicos, imagens sacras, mobiliário, armas, moedas e, até, achados arqueológicos. Dentre as peças, incluem-se várias da Pinacoteca do estado.

O destaque vai para a coleção de arte sacra, com peças do barroco mineiro. Já na pinacoteca, se destacam as obras do mestre Ataíde, além de importantes artistas mineiros como Carlos Bracher, Celso Renato, Amilcar de Castro, Inimá de Paula, Aníbal Mattos e Márcio Sampaio, além de artistas brasileiros renomados, como Di Cavalcanti e Volpi.

Endereço: Avenida João Pinheiro, 342.

Centro Cultural Banco do Brasil

Esta é a quarta unidade do Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) no país e conta com um grande espaço com duas exposições permanentes e outro reservado a exposições temporárias. O local ainda tem um teatro, além de salas para palestras, oficinas, debates e atividades audiovisuais.

O belíssimo edifício com arquitetura que mescla o estilo art déco e neoclássico tem seis andares. O projeto foi criado por Luiz Signorelli, arquiteto que fundou a Escola de Arquitetura de Minas Gerais. O centro foi inaugurado em 1930, especialmente para ser a sede da Secretaria de Interior e Justiça.

Endereço: Praça da Liberdade, 450.

Casa Fiat de Cultura

O espaço traz mostras inéditas ao reunir vários acervos de coleções internacionais e nacionais. Também abriga palestras, atividades educativas para todas as idades e ainda tem sessões de cinema cultural.

A casa já recebeu obras de figuras importantes da história da arte, como Caravaggio, Aleijadinho, Rodin, Chagall, Tarsila do Amaral, De Chirico, Amilcar de Castro, além de artistas do mais recente cenário mineiro.

No hall principal, a instituição mantém exposta a obra “Civilização Mineira”, maior painel desenhado por Cândido Portinari em Minas Gerais.

Endereço: Praça da Liberdade, 10.

Espaço do Conhecimento UFMG

Trata-se de um museu dinâmico que se vale de recursos audiovisuais e tecnológicos com abordagem interativa e lúdica, em que os diálogos entre ciências e demais aspectos do cotidiano são muito incentivados.

Nascido de uma parceria entre a UFMG e o governo de Minas, o espaço provoca a construção de olhares críticos sobre a produção de muitos saberes, contribuindo para a interlocução e o debate entre a população e a universidade.

Um de seus destaques é o Terraço Astronômico, lugar em que os visitantes observam o céu por meio de equipamentos, sempre com orientação de astrônomos. É também lá que fica o Planetário, estrutura com sistema digital e projetor vindo da Alemanha. Graças à alta tecnologia, que possibilita alta definição de imagens, e também devido à visão de 360°, é proporcionada uma experiência única de cinema imersivo.

Endereço: Praça da Liberdade, 700.

Biblioteca Pública Estadual de Minas Gerais (Biblioteca Luiz de Bessa)

A rica biblioteca estadual foi construída pelo arquiteto Oscar Niemeyer durante o governo Juscelino Kubitscheck e garante o acesso a mais de 570 mil obras, tanto de leitura informativa, quanto técnica e literária, incluindo obras representativas e raras de autores nacionais e internacionais.

Há um grande acervo digitalizado e outro em braile, além de vários audiolivros. O espaço ainda tem teatro para 220 pessoas, galeria de arte e uma sala para cursos.

Endereço: Praça da Liberdade, 21.

Imóveis tombados

Devido à importância histórica dos casarões das décadas de 20, 30 e 40, vários imóveis foram tombados. São eles: Conjunto urbano situado na Praça da Liberdade, a Casa Bonomi, o Colégio Sagrado Coração de Jesus, o Colégio Arnaldo, a Escola de Arquitetura da UFMG, a Escola Estadual Barão do Rio Branco, entre alguns outros endereços importantes.

Como escolher um bom imóvel no bairro Funcionários?

Para quem está escolhendo dentre os melhores bairros para morar em BH, o Funcionários é uma excelente opção, se você gosta da região Centro-Sul da cidade — localização estratégica, para quem busca imóveis de alto padrão em uma locação muito valorizada e não abre mão das comodidades de um centro comercial, por estar colado na Savassi. Veja cada uma dessas facilidades que poderão ajudá-lo a escolher um imóvel que atenda às necessidades da sua família.

Localização muito estratégica

O Funcionários está bem próximo ao centro de BH, além de ser atendido por várias e importantes vias de acesso, como as avenidas Afonso Pena e do Contorno. Por cortarem o bairro, elas facilitam a passagem para outras regiões.

Proximidade com a Savassi

Como já mencionamos, a Savassi só se tornou um bairro independente nos anos 2000 e continua sendo uma das regiões mais prestigiadas da capital mineira.

Por isso, estar colado a esse bairro famoso por seu charme, excelente infraestrutura e intensa movimentação — que abrange restaurantes, lojas, boates e centros comerciais — é um grande privilégio.

Saiba da importância da imobiliária para encontrar um imóvel

A imobiliária:

Verifica o valor e a valorização do imóvel

Os consultores da imobiliária estão aptos a justificar o valor do imóvel sobre as variáveis e de forma clara, além de orientar uma possível valorização ou desvalorização do bem.

Confere toda a documentação do imóvel

O corretor está apto a analisar toda a documentação referente à transação imobiliária. Ele verifica os documentos de todas as partes envolvidas: vendedor e comprador ou locador e locatário.

Checa a necessidade de reparos ou reformas

Para quem pretende comprar

Quem vai adquirir um imóvel não pode se esquecer de avaliar se existe a necessidade de fazer reformas no local para evitar transtornos. Se sim, convém somar o valor da propriedade ao da reforma e verificar se vale a pena efetuar a compra.

Assim, se a somatória anterior não valer a pena, mas o lugar agradar bastante, você poderá barganhar com o proprietário. Explique que, por ter que fazer reformas, seria conveniente diminuir o valor do bem.

Para quem pretende alugar

Já para quem pretende alugar o imóvel, é imprescindível verificar a necessidade de fazer reparos no ato da inspeção. Cheque a parte hidráulica e elétrica, o estado de conservação das portas, das janelas e do telhado, entre outras coisas.

Com isso, existe a possibilidade de negociar um abatimento no valor do aluguel ou que os problemas sejam resolvidos antes de você e sua família se mudarem para lá.

Em ambos os casos, ou seja, tanto para quem for adquirir imóveis em Belo Horizonte quanto para quem for alugar, o auxílio da imobiliária será fundamental, pois ela está preparada para dar esse tipo de suporte ao comprador ou inquilino.

Então, gostou de saber como é morar no bairro Funcionários? Agora, aproveite para assinar a nossa newsletter para conhecer as características de outros locais privilegiados de Belo Horizonte!

Input your search keywords and press Enter.