Now Reading:
O que perguntar na compra de um apartamento? Aprenda agora!
Full Article 6 minutos lido

Alguns dos objetivos da maioria dos brasileiros são: conquistar o primeiro imóvel, conseguir um cantinho para viver com a família sem a preocupação mensal de pagar aluguel e poder ter um patrimônio. Esse processo exige cuidado para evitar problemas futuros, mas muita gente ainda não sabe o que perguntar na compra de um apartamento!

A aquisição de um apartamento gera algumas inseguranças no comprador, pois o investimento é alto e pode comprometer as economias de uma vida inteira. Sendo assim, é normal que muitas dúvidas surjam ao longo do processo. Como essa compra envolve inúmeros detalhes, nada melhor do que saber bem o que perguntar para garantir a segurança.

Se você está querendo comprar um apartamento e tem muitas perguntas a respeito do procedimento, continue a leitura e veja quais são as principais dúvidas dos compradores, além de como é importante deixar tudo esclarecido antes de fechar as negociações. Vamos lá?

Por que é importante saber o que se busca em um apartamento?

O processo de aquisição de imóveis exige bastante pesquisa e planejamento, visto que o comprador precisa investir muito dinheiro nisso para a conquista do patrimônio. Fora que é necessário adquirir aquilo que atenda às suas necessidades e caiba no orçamento. Por ser considerado um momento de grande importância, surgem muitas dúvidas a respeito:

  • do imóvel que se quer adquirir;
  • da conduta da imobiliária;
  • das opções de pagamentos;
  • dos requisitos e das documentações necessárias para realizar um financiamento, entre outras questões.

Para que a pessoa tenha segurança durante todo o processo, é importante que essas dúvidas sejam todas esclarecidas. Assim, é possível evitar problemas futuros com o contrato ou alguma coisa que não tenha sido falada durante a negociação, mas seja capaz de afetar a conquista do seu apartamento.

Vale ressaltar que, se o processo for conduzido por uma imobiliária idônea e reconhecida no mercado, que tenha profissionais éticos e responsáveis, tudo correrá tranquilamente. Ainda assim, é importante que nenhuma dúvida fique em aberto e você encontre o lugar ideal para morar.

O que perguntar na compra de um apartamento?

Abaixo, veja quais são as questões que devem ser esclarecidas durante a aquisição de um imóvel.

Financiamento ou consórcio

Existem duas principais formas de pagar um imóvel: o financiamento e o consórcio. No financiamento, o comprador solicita em um banco uma carta de crédito para quitar o valor do apartamento e, depois, divide o empréstimo em determinado número de parcelas ao longo de um tempo definido.

Já no consórcio, o processo é feito a partir de uma administradora, responsável por reunir um grupo de pessoas interessadas em comprar uma casa ou apartamento. Elas vão pagando determinados valores por mês até atingirem o montante para a aquisição do apartamento — ou alguém ser sorteado nas assembleias que ocorrem também mensalmente.

Com relação a essas duas modalidades, surgem muitas dúvidas principalmente sobre as taxas de juros, as parcelas e os valores de entrada. Os juros estão ligados ao financiamento e são calculados no momento em que é fechado o contrato, pois a instituição financeira faz uma simulação de todas as parcelas com esses valores inclusos.

Já as parcelas, como dissemos, são simuladas no fechamento do contrato do financiamento, sendo que o número determinado entre o banco e o comprador vai variar de acordo com a renda familiar que for apresentada. As parcelas do consórcio também são estabelecidas de acordo com a renda do comprador e o valor total da propriedade.

O valor de entrada para um financiamento, por sua vez, costuma ser de 30% do preço total do imóvel. Dependendo da renda, o comprador pode financiar 100% do bem sem precisar desembolsar essa quantia. No caso dos consórcios, não existe uma entrada, mas sim lances, que aumentam suas chances de ser agraciado com o crédito para comprar o bem.

Imóvel

Com relação ao imóvel, também surgem inúmeras dúvidas entre os compradores. A principal delas envolve a documentação. É importante que você cobre uma posição da imobiliária ou do proprietário sobre os documentos do apartamento, para que todos estejam em dia, não exista nenhuma dívida em aberto e você possa fazer a transferência de titularidade. Peça também o memorial descritivo e a convenção de condomínio da edificação.

Procure saber também sobre o estado do apartamento. Faça uma visita, verifique se está tudo bem conservado e cuidado. Pergunte ao proprietário ou à imobiliária se ele já passou por reformas ou foi construído recentemente. Muitas vezes, quando essa informação é omitida, o comprador pode acabar tendo problemas com danos que vão surgindo na construção.

Quanto ao prédio, dependendo do número de pavimentos, atente para a existência de elevadores. Veja se há escada de incêndio e extintores em todos os andares. Não deixe de tirar essas dúvidas com relação à segurança. Sobre o apartamento, é importante esclarecer questões relacionadas ao tamanho dos cômodos para que você possa projetar e planejar a disposição dos móveis e da decoração de cada ambiente. Veja se o espaço disponível vai atender às suas expectativas.

Faça esclarecimentos também a respeito da infraestrutura oferecida pelo apartamento e pelo condomínio. Solicite o memorial descritivo para conferir se aquilo que está construído corresponde ao que foi projetado. Verifique, ainda, a existência de áreas de lazer no espaço, bem como a estrutura de segurança do prédio.

Vizinhança

É comum que haja muitos questionamentos sobre a localização do apartamento. Portanto, uma boa dica é pesquisar e conhecer um pouco mais sobre a vizinhança onde a propriedade está localizada. Veja se o lugar atende às suas necessidades e se tem fácil acesso a pontos importantes da sua rotina, como trabalho, escola dos filhos e casa de parentes.

Procure saber sobre o que o bairro oferece com relação à infraestrutura, incluindo a presença de comércios, hospitais, escolas e bancos nas proximidades. Pergunte se a região é segura e se existem assistências na vizinhança que reforcem a segurança do local. Trata-se de pontos importantes, que ajudam na escolha de um imóvel.

Você também deve procurar saber sobre a mobilidade. Veja se a vizinhança tem vias de fácil acesso para os pontos principais da cidade e se há um sistema de transporte público eficaz e em boas condições circulando por lá. Investigue inclusive a existência de trânsito pesado na região, afinal de contas você deve determinar o que pode ou não enfrentar durante a rotina.

Por fim, vale ressaltar que, durante todo o processo de aquisição, recomenda-se trabalhar com uma imobiliária da sua confiança e que ofereça um excelente serviço. Assim, todas as dúvidas serão sanadas, ao passo que você efetuará uma compra segura e confiável do seu novo apartamento.

Gostou de aprender um pouco mais sobre o que perguntar na compra de um apartamento? Nosso artigo ajudou você com relação às dúvidas que surgem no processo de aquisição de um imóvel? Então, deixe um comentário e diga o que achou!

Input your search keywords and press Enter.